Blog Soulog

O inverno chegou e com ele, novidades.

Se você está ligadão nas notícias do mercado já está sabendo que a tendência é confirmada pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), que prevê crescimento de 10 a 15% nas vendas de E-commerce durante o inverno. Porque? Porque as medidas de distanciamento social precisam ser mais vigorosas e com isto, as estratégias de vendas por canais digitais são privilegiadas, então bóra pegar algumas dicas de como melhorar as vendas para este período?

#1 – Um país tropical, abençoado por Deus. 

Apesar de sermos um país tropical, sabemos que as temperaturas podem baixar bastante em algumas regiões, mas nem tanto em outras. Então, que tal, por ferramentas como o Google Trends  para ver as buscas relevantes por localização durante um determinado período.

Sabemos que vendas como pijamas, kits de fundue e chuveiros aumentam as buscas neste período, então, a primeira dica é: entenda qual produto do seu mix faz mais sentido para vendas de inverno e se foque neles. Assim como os hábitos, a alimentação muda e a preocupação com a pandemia também vai crescer.

# 2 – O mesmo só que diferente

Se mesmo pensando em mix, você não chegar a nenhuma conclusão sobre quais produtos podem fazer parte desta intenção de compra mais aquecida,que tal entender a forma que os clientes querem consumir. Isto mesmo! No inverno a comodidade ganha ainda mais cenário, então pensar em entregas mais rápidas ou ainda entregas programadas ou combos de produtos que resolvam e agilizem a vida do consumidor também podem ser saídas mais que relevantes para agregar na venda.

Um exemplo que funciona é por exemplo vender conjuntinhos de moletom em kit para o inverno, quando os pais fazem reposição de roupas compridas para as crianças, veja na Tricae.

#3 – Benchmarking

Dizem que nada se cria, tudo se copia. E levando este ditado ao pé da letra, temos uma prática de mercado mais eficiente, que é o Benchmarking

Benchmarking consiste no processo de busca das melhores práticas de gestão da entidade numa determinada indústria e que conduzem ao desempenho superior.

Olhar para outros mercados ou negócios mais amadurecidos, perceber o que deu certo e aplicar? Nada mais eficiente. Porém, lembre-se que temos etapas para fazer isto bem feito, senão vira só questão de opinião. 

Um dos mercados que cresce é o de lavanderias, conforme matéria da PEGN, que você pode ver mais neste link. Com o frio, é natural que as pessoas tirem do armário cobertores e roupas mais pesadas que passaram o ano todo guardados. Aliado a isso, o fato de que as roupas demoram consideravelmente mais para secar com as temperaturas mais baixas. Por esses motivos, muitas pessoas costumam recorrer às lavanderias durante o inverno, aumentando o faturamento das empresas na estação.

Observar mercados já acostumados a maior vendas na estação podem dar ótimos insights de estratégias

#4 – Pensando fora da caixa 

A moda é um mercado movido por estações, porém, para marcas que vendem só biquínis, o que fazer? Nesta matéria da revista Exame, você vai ver que a Pajaris, marca de biquíni, deixou de lado a sazonalidade e faz lançamentos o ano todo. Porque? “A solução é, em vez de simplesmente deixar o seu negócio exposto a estes determinantes, usá-los como combustível para crescer o seu negócio ou inová-lo completamente”, aconselha o empresário responsável pela marca.Veja mais no site da Exame.

Aqui a gente percebe que é a velha retórica do que vem primeiro, o ovo ou a galinha, mas a marca provou que pode sim gerar e criar novos costumes, lançando biquinis em plena estação de inverno no país que é referência do produto! 

#5 – Experiência & BI

Mas se você não é daqueles que acredita em previsão de tempo e já conhece seu consumidor, a dica é invista no que já dá certo! Faça análises do que seu cliente já gosta de consumir e o que vai ser valor para ele no período. E junte isto com experiência voltada ao que seu público vê de valor. 

E como a receita é infalível, temos a certeza de que vai precisar de um parceiro para que não tenha problemas logísticos, nem de picking and packing e muito menos de armazenagem. Conte com a Soulog para isto! 

Conhece a Soulog? Fale com a gente! Veja outro artigo sobre experiência do cliente e mais aqui.

#vemprasoulog #fulfillmentévida

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
👋 Olá, como podemos ajudar?
Rolar para cima